DICAS DE VENDA

DICAS PARA VENDER SEU CARRO USADO COM SEGURANÇA E MAIS VALORIZADO

 

O melhor momento para a venda

 

Um deles é o momento do “ciclo de vida” do modelo, por exemplo, quando ele está para sofrer uma grande mudança, como o lançamento de uma nova geração.

 

Outro indício é o custo de manutenção. Quando o valor anual gasto com as manutenções ultrapassa 10% do valor de venda do carro é um sinal de que este pode ser o momento de pensar em vender. Lembre-se que, nos 2 primeiros anos, a desvalorização é mais acentuada e, nos anos seguintes, ela vai se estabilizando ao redor dos 10%.

 

Obter o melhor valor ou o dinheiro mais rápido?

 

Quem tem pressa para vender o carro pode obter um valor melhor com a venda direta, para pessoa física. Se o objetivo é ter o dinheiro mais rapidamente, as lojas são a melhor opção.

 

Transferência de documento

 

Atualmente, é dado um prazo de 30 dias a quem compra um carro para fazer a transferência, a partir da data da compra que consta no recibo de compra e venda do CRV (Certificado de Registro do Veículo), e a obrigação de validar esse processo é de quem compra o carro. Mas é preciso ter a assinatura de quem vendeu e o reconhecimento de firma. É importante avisar o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) da transferência.

 

Histórico do carro

 

Guarde a nota fiscal de compra e outros documentos como comprovantes de manutenções, troca de peças e tudo o que comprova a manutenção preventiva. Isso dá maior segurança ao futuro comprador. Se o veículo ainda estiver no período de garantia do fabricante, apresente o manual do proprietário, onde devem constar os carimbos de todas as revisões obrigatórias nas concessionárias. Ter a chave reserva do veículo também é um diferencial importante na hora da venda.

 

Faça uma perícia automotiva

 

Ela vai servir parar atestar a boa procedência do seu veículo. Diversas empresas no mercado oferecem o serviço que leva cerca de 20 minutos e gera um laudo com todas as informações e histórico do veículo com custo de R$ 30 a R$ 70.

 

Revisão completa

 

Invista em uma revisão completa dos principais itens do carro. Peças como freios, lubrificantes, alinhamentos e amortecedores devem estar em boas condições de uso. Guarde a nota fiscal e o comprovante da revisão para comprová-la ao futuro interessado por seu veículo.

 

Se preocupe com o visual

 

Faça uma lavagem e também invista num polimento e higienização da parte interna.

 

Mantenha o carro original

 

Outro item muito importante na hora de vender o seu usado é deixá-lo como original de fábrica. Evite acessórios que modificam o visual como aerofólios, adesivos e outros oferecidos nos centros automotivos. Por mais que você tenha investido muito em um acessório caro – como uma roda de aro maior – itens que não são originais do veículo tendem a jogar o valor de venda para baixo.

 

Se necessário, faça pequenos reparos

 

Alguns reparos pontuais como conserto de retrovisor, pintura de pára-choque, entre outros fazem a diferença e valorizam o carro. Faça orçamentos, pesquise e obtenha os melhores preços, os quais podem ser determinantes em uma futura negociação.

 

Crie um anúncio completo para seu veículo

 

Inclua todos os opcionais, informações detalhadas e fotos do interior e exterior do veículo. Em pesquisa realizada recentemente, pôde-se perceber que os veículos anunciados com fotos recebem 2 vezes mais visitas que veículos sem fotos. Coloque uma placa de “vende-se” em local visível no seu veículo.

 

Cuidado nos encontros

 

Evite marcar a visita do futuro comprador em sua própria casa. Marque em locais movimentados como supermercados ou shoppings, em áreas descobertas.

 

Fechamento do negócio

 

Não receba o valor do carro em dinheiro nem cheques e faça as transações financeiras diretamente no banco. Isso garante o crédito na hora e evita golpes de compradores mal intencionados.

 

Documentação

 

Lembre-se de preencher o CRV inserindo os dados do novo comprador, assine e reconheça assinatura imediatamente. Depois, tire duas cópias, guarde uma consigo e a outra envie ao Detran de sua cidade para atestar a transferência e isenção de responsabilidade sobre futuras multas ou incômodos.

 

Trate bem os possíveis compradores

 

Seja sempre polido e educado ao receber contatos de interessados, mesmo que estes estejam apenas fazendo pesquisa de preços.

 

Fonte: Mobills